Agenda

Não existem eventos no calendário

Próximos Eventos

outubro 2020
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Estações

 ESTAÇÕES METEOROLOGICAS
ESTAÇÕES METEOROLÓGICAS
Veja Aqui

CENTRAL E. R. DE AZEITE

cazeite001

 

Em maio de 2019 foi inaugurada a Central de Embalamento e Rotulagem de Azeite, situada nas antigas instalações do CNO, na Travessa Dr. João Calado Rodrigues, na Vila de Mação.


Esta Unidade, devidamente licenciada, está à disposição dos Lagares e Olivicultores Maçaenses que pretendam embalar e rotular o seu azeite que pode, desde que respeitadas as condições impostas pela legislação em vigor, ser colocado à venda em qualquer estabelecimento comercial.


Esta Unidade de Embalamento resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Mação e a AmarMação, Associação de Desenvolvimento do Concelho de Mação, que conta, como associados, praticamente a totalidade dos 22 Lagares funcionais.


Apenas pode ser embalado azeite virgem e virgem-extra.
É obrigatória a prévia análise físico-química do lote a embalar, devendo os parâmetros legais constar na rotulagem


O embalador poderá utilizar rótulo próprio, desde que salvaguardados os preceitos legalmente obrigatórios
As embalagens serão disponibilizadas pela AmarMação, que cobrará simbólico montante pelo serviço.
A comercialização será da responsabilidade do embalador, podendo ser efectuada pela AmarMação.
As regras de funcionamento desta Central constam de um Regulamento que estipula condições de acesso, prazos, metodologias e até o simbólico preçário a praticar.


A Central de Embalamento não possui intuitos lucrativos, apenas pretende valorizar o melhor que Mação produz!


O Regulamento da Central de Embalamento está disponível em:
www.cm-macao.pt (secção Regulamentos); Facebook; www.amarmacao.pt
Para mais informações pode contactar a AMARMAÇÃO: 241247034;  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

FOLHETO INFORMATIVO AQUI (pdf)

REGULAMENTO AQUI

“AUTARQUIA + FAMILIARMENTE RESPONSÁVEL”

OAFR2019 palma

O Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis atribuiu ao Município de Mação,
pelo 7.º ano, a "Bandeira Verde".

A Câmara Municipal de Mação foi novamente distinguida como uma das Autarquias Mais Familiarmente Responsáveis, distinção que acontece pelo sétimo ano consecutivo, pelo que a Câmara Municipal de Mação receberá uma bandeira com palma.
Para Vasco Estrela, Presidente da Câmara Municipal de Mação, "esta distinção é obviamente um motivo de orgulho não só para a Câmara Municipal, mas também para todo o Município. O trabalho que desenvolvemos tem como destinatários os nossos Munícipes, por forma a garantir-lhes as melhores condições para residirem e se manterem neste Concelho, assim como o seu bem-estar e qualidade de vida. Assim continuaremos a atuar. Não o fazemos com o intuito de obter um prémio, não obstante a enorme satisfação por este reconhecimento, mas e sobretudo para tornar o dia-a-dia dos Maçaenses cada vez mais confortável".
A Câmara Municipal de Mação tem vindo a implementar várias políticas de apoio à natalidade e às famílias estando, para breve, o anúncio de novas medidas que, com certeza, serão uma mais-valia para quem cá vive e constitui família.

Refira-se que o Observatório de Autarquias Familiarmente Responsáveis foi criado pela Associação Portuguesa de Famílias Numerosas (APFN). Em setembro de 2007, realizou um inquérito junto de todos os Municípios do país para fazer um levantamento exaustivo de todas as boas práticas existentes. Após esse trabalho, a APFN decidiu criar um Observatório de Autarquias Familiarmente Responsáveis com os seguintes objetivos:
- Dar visibilidade às autarquias que se destaquem neste âmbito;
- Potenciar a experiência obtida por uns municípios em benefício dos outros; colocar ao dispor das autarquias uma equipa pluridisciplinar, constituída essencialmente por pessoas da área da sociologia, psicologia, assistência social e familiar e economia que, com experiência nos âmbitos da família e das autarquias possam contribuir positivamente para a avaliação de medidas nesta área, quer previamente quer a posteriori.

Ainda de acordo com OARF, uma "Autarquia + Familiarmente Responsável" assume duas vertentes: aquela que, “enquanto entidade empregadora, adota medidas facilitadoras de conciliação de vida familiar e laboral para os seus trabalhadores, tornando-se, assim, laboratório e modelo destas práticas para as empresas no seu município”; é também "Autarquia + Familiarmente Responsável" para os munícipes, com medidas facilitadoras da vida familiar, em particular para as famílias com tês ou mais filhos por serem as que mais colaboram no combate ao envelhecimento e desertificação, sendo fonte de riqueza, através da criação de emprego, do aumento do espírito de iniciativa e da estabilidade social.